Transposões – Novos vectores em terapia genética

Transposões
Novos vectores em terapia genética

10 Maio 2009 – Biotec-Zone

A terapia genética tem vindo revelar-se uma tecnologia promissora no tratamento de  diversas doenças sem outro tratamento eficaz (como as doenças hereditárias, cancro, doenças cardíacas, entre outras).

A terapia génica consiste na manipulação do material genético dos indivíduos afectados de forma a  corrigir a anomalia genética que provoca a doença. A eficácia desta tecnologia depende de vectores ou veículos que conduzam o gene que se pretende introduzir para a célula. Um dos vectores muito utilizado é um vírus que pode provocar  efeitos laterais (como inflamações ou cancro).

A comunicada científica que se dedica à investigação nesta área tem vindo a tentar procurar outro tipo de vectores que possam ser utilizados sem efeitos secundários. Recentemente uma equipa de investigadores do Instituto de Biotecnologia de Vlaanderem da Universidade Católica de Leuye, na Bélgica, em colaboração com investigadores do Centro Max Delbrück em Berlim, na Alemanha, desenvolveram um novo método que supera algumas das limitações destes vectores clássicos.

Utilizando transposões – segmentos de DNA com capacidade para se movimentar e de se replicar dentro do genoma) como vectores, os investigadores conseguiram transportar o gene escolhido para as células alvo.

LER MAIS

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s