Produção de nanopartículas em células artificiais

Produção de nanopartículas em células artificiais

27 Junho 2009 – Science Daily

Investigadores do Instituto Max Planck, na Alemanha, conseguiram produzir nanopartículas que podem ser usadas como pontos de iluminação em proteínas celulares e, possivelmente num futuro próximo, como fontes de iluminação para ecrãs ou em tecnologia de informação óptica.

A equipa produziu partículas nanométricas de sulfeto de cádmio em bolhas membranares microscópicas. Uma vez que a dimensão dessas bolhas é semelhante às das células vivas, os investigadores indicaram a possibilidade dessas nanoestructuras serem produzidas por organismos vivos, como bactérias.

As células e os microrganismos são mestres quando se trata de trabalhar nas dimensões mais pequenas, como é o caso da produção de partículas com milionésimo de milímetro , funcionando como micro-fábricas particularmente eficientes na produção de nanopartículas ou nanoestruturas.

O trabalho foi publicado na revista científica Small .

LER MAIS

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s