Importância da Estrutura do Receptor de Fito-hormonas na Tolerância à Seca

Importância da Estrutura do Receptor de Fito-hormonas  na Tolerância à Seca

23 Outubro 2009 – ISAAA

Investigadores da Universidade da Califórnia, EUA, representaram em três dimensões a ligação entre o ácido abcísico (ABA), uma hormona vegetal, e a proteína PYR1. Os resultados foram publicados na revista Science.

O ABA é produzido em grandes quantidades quando as plantas entram stress, e em particular em condições de seca. As plantas sob influência desta fito-hormona iniciam processos de armazenamento de água. Contudo, o mecanismo molecular através do qual o ABA promove a tolerância à seca pelas plantas continua por compreender completamente. O estudo desta molécula pode ajudar os investigadpres a desenharem novas estratégias para a protecção das culturas em períodos de seca prolongados, podendo contribuir dessa forma para o melhoramento da produtividade agrícola em muitos locais do planeta.

Aquele grupo de investigadores conseguiu chegar a algumas conclusões sobre o funcionamento da proteína PYR1 como receptor do ABA e sugerir propostas de aplicação desse conhecimento  em produtos agrícolas na forma de químicos que imitem a acção do ABA com o objectivo de serem aplicados em culturas para as proteger em momentos de seca.

LER MAIS

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s