A Economia das Culturas Transgénicas

A Economia das Culturas Transgénicas

4 Dezembro 2009 – ISAAA

As culturas geneticamente modificadas (GM) podem contribuir significativamente para a segurança alimentar e para o desenvolvimento sustentável a um nível global. Contudo, as preocupações sobre novos riscos têm levantado questões complexas sobre biossegurança, segurança alimentar e regulamentação da etiquetagem e provocado um  grande aumento de custos.

Matin Qaim da Universidadade de Georg-August de Goettingen (Alemanha) publicou um artigo na revista científica Annual Review of Resource Economics sobre estas temáticas, destacando os seguintes aspectos:

  • Existem impacto económico benéficos das culturas GM para os agricultores e consumidores para além de existirem outros benefícios da sua utilização. Em muitos casos os agricultores dos países em desenvolvimento beneficiam mais da Engenharia Genética aplicada à agricultura do que os agricultores dos países desenvolvidos.
  • As culturas B podem ser uteis aos pequenos agricultores, pois contribuem para o aumento de produtividade e redução da pobreza.
  • As futuras aplicações das culturas GM, envolvem melhoramento de caracteristicas das plantas para fazer face ao stress abiótico e aumento de conteúdo nutritivo, entre outras.

LER MAIS

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s