Artigo – Benefícios da Agrobiotecnologia de 1996-2009

  

Artigo
Benefícios da Agrobiotecnologia de 1996-2009

PhysOrg | ISAAA – 19 Setembro 2011

Segundo um artigo publicado na revista científica International Journal of Biotechnology, a agrobiotecnologia melhorou a rentabilidade da agricultura mundial em cerca de 65 mil milhões de dólares de 1996 a 2009. Cerca de metade deste valor refere-se a países em desenvolvimento.

Os autores investigaram os impactos da utilização de quatro culturas geneticamente modificadas (soja, milho, algodão e colza) ao nível económico, observando a rentabilidade, os custos de produção, os benefícios directos e indirectos para o agricultor e os efeitos dos benefícios indirectos para a produtividade das culturas e rentabilidade económica para os agricultores.

A grande maioria dos agricultores teve os maiores benefícios através do cultivo de algodão resistente a insectos e da soja resistente a herbicidas.

Ler mais


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s